Publicidades

28/06/2014 | 06:58 | Geral

Nível do Rio Uruguai começa a baixar no Norte do RS

A RGE começa a ligar a energia em pontos que eram ameaçados e que não apresentam mais riscos. Em Porto Mauá o nível do Rio Uruguai está 20mt a cima do normal

Apesar da diminuição do nível da água, a Defesa Civil confirmou que mais pessoas deixaram as casas (Foto: Daniel Fraga / Rádio Gaúcha)


Após atingir 18 metros acima do nível normal, a água do Rio Uruguai começou a baixar na tarde desta sexta-feira (27). Janelas que estavam cobertas pela cheia já aparecem em residências, resultado da diminuição de meio metro no rio. A RGE começa a ligar a energia em pontos que eram ameaçados e que não apresentam mais riscos. Mais da metade da cidade ficou sem o fornecimento.


Todos os pontos do município tiveram abastecimento de água cortado. A interrupção também ocorre em outras cidades como Palmitinho e foi forçada já que os motores da Corsan eram ameaçados pela água. Também à tarde, houve o rompimento de uma barragem de Ponte Serrada, que desemboca no Rio Irani, e cujas águas desembocam no Rio Uruguai. O responsável pela Defesa Civil de Iraí afirma que o volume é insuficiente para elevar o nível das águas na região.


Aulas suspensas e restrição do atendimento de saúde, com postos fechados também afetam a rotina das comunidades, mas já é possível ter uma perspectiva otimista, segundo Graziela Prestes, moradora da casa que seria a próxima atingida pela água caso o nível seguisse em elevação. Apesar de a mãe dela ter perdido tudo, Graziela tem expectativa de que aos poucos a vida de que está sendo afetado volte ao normal.


Apesar da diminuição do nível da água, a Defesa Civil de Iraí confirmou que aumentou o número de pessoas fora de casa. Agora são entre 1300 e 1400 desabrigados e desalojados.


Barra do Guarita é a cidade com prejuízos mais agravados durante a tarde desta sexta-feira. Dos três mil habitantes, 850 estão fora de casa. Além disso, lavouras da cidade foram completamente destruídas. Também houve perda total para agricultores de municípios, entre os 45 afetados, como Iraí e Tenente Portela, que seguem fazendo levantamentos para decretar situação de emergência.

Fonte: Rádio Gaúcha

Mais notícias desta categoria

07/04/2020 | 15:06

Juntos somos mais!

Publicidades


Mario Junior designer