Publicidades

03/07/2014 | 11:08 | Geral

Rio Grande do Sul já tem duas mortes por causa da chuva

Corpo que seria de homem desaparecido há cinco dias foi encontrado na manhã desta quinta-feira em Arroio do Tigre

Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros


Um homem de 56 anos pode ser a segunda vítima da chuva que atinge o Rio Grande do Sul há 10 dias, com pouco tempo de trégua. Depois de cinco dias de buscas, moradores de Arroio do Tigre, no Vale do Rio Pardo, encontraram um corpo que seria de Eracildo Luiz Assmann, 56 anos.


Ele e a namorada, Paula Thom, 23 anos, teriam desaparecido quando atravessavam o rio Caixão na noite do último sábado. Eles estavam retornando da casa de familiares. O carro em que eles estavam foi encontrado nessa quarta-feira, submerso, próximo à ponte da localidade de Sítio Novo, no interior do município. 


Nesta quinta-feira, os bombeiros de Santa Cruz do Sul aguardam reforço da equipe de mergulhares da Capital para auxiliar nas buscas. A principal dificuldade, segundo o tenente Dimas Gottardo, é a forte correnteza no leito estreito do rio, que dificulta o trabalho. 


Num episódio semelhante, em Jacutinga, no Noroeste, José Lindomar da Silva, 40 anos, sumiu em um rio também quando retornava da casa de parentes. 


De acordo com o Corpo de Bombeiros de Passo Fundo, a equipe de mergulhadores localizou a vítima a cerca de dois quilômetros da ponte de onde ele teria caído, na noite de sexta-feira, quando voltava da casa de familiares. O corpo estava submerso a cerca de um metro de profundidade. 

Fonte: Zero Hora

Mais notícias desta categoria

07/04/2020 | 15:06

Juntos somos mais!

Publicidades


Mario Junior designer