Publicidades

24/02/2019 | 19:50 | Esporte

Com gol de Sarrafiore, Inter vence o Avenida fora de casa

Partida em Santa Cruz do Sul foi última apresentação colorada antes da estreia na Libertadores

Argentino saiu do banco de reservas para marcar o único gol do jogo - Félix Zucco / Agencia RBS


A vitória do Inter sobre o Avenida, por 1 a 0, com gol de Martín Sarrafiore, marcou a despedida momentânea da equipe de Odair Hellmann do Gauchão. A partir de agora, tudo é Libertadores. Com estreia em 6 de março, o Inter ainda não sabe se jogará na Córdoba do Talleres ou na Santiago do Palestino. O adversário será conhecido na noite de quarta-feira (27). Estadual agora, somente em 10 de março, quando a equipe receberá o Aimoré. E nada indica que o Inter terá vida fácil na Libertadores – mesmo em um grupo sem o São Paulo. Com o passar das rodadas, o time parece não evoluir.


Sem Edenilson nem Nico López, suspensos, além da ausência de D'Alessandro, por opção de Odair, o Inter voltou a jogar com o tripé de volantes: Dourado, Nonato e Patrick. Sem armadores, a equipe sentiu a falta de alguém para conduzir a bola desde o meio-campo para o ataque. Se na frente o Inter não chegava a pressionar os donos da casa, a defesa seguiu com os seu problemas. Aos 24 minutos, o Colorado só não saiu atrás do placar porque Flávio Torres não se mostrou um cabeceador dos mais competentes. Zeca não conseguiu marcar o lateral-esquerdo Márcio, que e cruzou na cabeça do atacante. Sozinho, com a zaga batida, e cara a cara com Lomba, ele cabeceou tão mal que a bola sequer teve forças para sair pela linha de fundo. 


Apesar das dificuldades em campo, o Inter teve um pênalti, aos 39 minutos, quando Zeca invadiu a área e foi derrubado por Claudinho. Neilton correu para a bola, deu uma paradinha e cobrou. Mas a "Lei do Ex" estava lá: Fabiano Heves defendeu. Este foi o segundo pênalti para o Inter na temporada, e o segundo pênalti desperdiçado. O primeiro foi de Sobis, contra o Veranópolis.


No segundo tempo, o Avenida perdeu mais uma grande chance de gol com 45 segundos de jogo. Welder foi lançado às costas de Iago, invadiu a área, e chutou em cima de Moledo. O Inter respondeu duas vezes em cruzamentos para a área. Primeiro, Pottker ergueu a bola para Pedro Lucas cabecear – e a bola bateu em Yuri e não entrou. Depois, Zeca cruzou e Pedro Lucas, de novo de cabeça, mandou para fora. Mais tarde, o centroavante bateu de fora da área e a bola passou perto do travessão.


Pedro Lucas, o destaque do começo do segundo tempo, acabou substituído por Rafael Sobis. Aos 22 minutos, enfim, uma nova boa jogada. Nonato cruzou na cabeça de Patrick, que desviou, mas Fabiano Heves fez grande defesa. Desgastado pelo jogo contra o Corinthians, o Avenida foi parando em campo a partir dos 25 minutos. Aos 27, Sarrafiore foi a campo, no lugar de Pottker. Dois minutos depois, saiu o primeiro gol do argentino pelo Inter. Patrick fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Na entrada da pequena área, Sarrafiore chutou, a bola bateu em Fabiano Heves e entrou. O Avenida ainda teve chance de empatar quando Yuri, com o gol vazio, não alcançou a bola para marcar. O Inter ganhou quarta partida seguida no Gauchão, mas ainda está longe de se mostrar um time confiável para a Libertadores.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer