Publicidades

10/03/2019 | 08:10 | Geral

Prefeito de Independência diz que aguarda licenciamento para desvio do curso de rio

Divulgação


O prefeito de Independência João Edécio Graeff (PTB) explicou que aguarda a concessão do licenciamento ambiental pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para desviar o curso do riacho que passa na localidade. A alteração do leito d’água é necessária para a utilização da ponte que foi construída no local no fim do ano passado. 


Em entrevista na Colonial FM 94,5, João Edécio explicou que a intenção inicial era construir a nova ponte no mesmo local da ponte que antiga, acabou desmoronando. No entanto, mesmo que com o uso de duas dragas, a equipe da prefeitura não conseguiu remover a base de concreto da travessia. Como o projeto já estava pronto, a licitação da obra concluída e a empresa contratada, a administração municipal decidiu fazer a ponte ao lado do córrego, fora do leito do rio.


- O projeto estava pronto e a licitação concluída, decidimos, então, recuar a nova ponte uns quatro ou cinco metros do local da anterior. Esso levou a necessidade de um pequeno desvio do curso d’água, mas isso demanda um licenciamento ambiental – explicou o mandatário.


Sobre o receio do vereador Brasil de Freitas Neto (PMDB) de que o órgão ambiental não conceda a autorização para o desvio do curso do rio, o chefe do Executivo municipal de Independência acredita não haver esse risco. Em entrevista na emissora o parlamentar disse que o Município já teria investido R$ 30 mil na construção.


- O vereador está colocando a “carroça na frente dos bois”. Ele poderia ter solicitado informações na Prefeitura. Qualquer cidadão pode buscar esclarecimentos desta obra. – criticou João Edécio.


O prefeito disse também que foi construída, também, uma passagem alternativa, uma ponte provisória de madeira.

Fonte: Rádio Colonial

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer