Publicidades

29/05/2019 | 06:06 | Geral | Três de Maio

Prefeitura e Caixa assinam contrato para financiar obras de infraestrutura

Alexandre de Souza


A Prefeitura de Três de Maio e a Caixa Econômica Federal assinaram o contrato para o financiamento de R$ 10 milhões, que serão destinados para obras de infraestrutura, como asfaltamento, recapeamento, construção de pavilhões para a instalação de indústrias e escola de educação infantil e ampliação da Escola do Campo de Caúna. O ato de assinatura, na tarde desta terça-feira (28) contou com o prefeito Altair Copatti, o gerente da agência local do banco, Jatir Tonello Júnior, e os vereadores Lúcia Marmitt, que representou o presidente do Legislativo Nelci Recalcatti, Cleiton Felipe dos Santos, Josias Correa e Mário Gonchoroski.


Conforme Copatti, o edital de licitação deve ser publicado nos próximos dias e a previsão é que a primeira parcela no valor de R$ 2 milhões seja liberada em setembro. O cronograma de obras estabelece que este primeiro recurso seja investido na pavimentação asfáltica da Rua Mato Grosso, entre a Osvaldo Cruz e a Av. Senador Alberto Pasqualini; Rua Padre Cacique, entre a Rio de Janeiro e a Mato Grosso; Rua Osvaldo Cruz, entre a Alcy Ramos Tomasi e a Mato Grosso. Ao longo de 2020 serão liberados os R$ 8 milhões restantes. 


O prefeito garantiu que o Município tem plena capacidade de assumir o pagamento do financiamento em 108 meses, e, que isto, não vai comprometer as próximas gestões. 


- Operações de financiamento não são novidade para a administração municipal. Nós já fizemos no governo passado e as gestões que nos sucederam pagaram parte dos empréstimos. Assim, como no atual mandato pagamos algumas obras de infraestrutura que foram executadas pelo governo que nos antecedeu, como a Avenida Buricá, por exemplo – explicou o mandatário.


Em 2019, a dívida já consolidada do Município, corresponde a 2,25% da Receita Corrente Líquida, considerada a receita estimada para este ano em mais de R$ 66 milhões. Portanto, bem abaixo do limite de endividamento previsto em uma resolução de 2001 do Senado Federal para os municípios, que é de 11,5%.


O gerente da Caixa, Jatir Tonello, disse os recursos contratados serão liberados pela linha de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa).

Fonte: Rádio Colonial

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer