Publicidades

23/02/2020 | 14:08 | Geral | Três de Maio

Performance humana para o século XXI é tema de palestra para profissionais das Apaes da região

Apae de Três de Maio promoveu encontro na quarta-feira com a palestrante Dra. Rosângela Ferigollo Binotto

Jaqueline Peripolli / Jornalista MTE 16.999


A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Três de Maio promoveu uma palestra para os profissionais de 13 Apaes que integram o 3º Conselho Regional das Apaes.


Tendo por local a AABB, o evento iniciou com a acolhida da diretora pedagógica da Apae, Simone Rossi Tiecher. Na sequência, a Dra. Rosângela Ferigollo Binotto iniciou a palestra com o tema ‘Performance humana para o século XXI’.


Pela parte da manhã, a profissional pautou sua fala nas metas do novo milênio, que, segundo ela, são a erradicação da extrema pobreza e da fome; o alcance do ensino básico universal; a promoção da igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres; a redução da mortalidade infantil; melhora da saúde materna; combate ao HIV e outras doenças; garantia da sustentabilidade ambiental e o estabelecimento de uma parceria mundial para o desenvolvimento.


Trazendo dados sobre a expectativa de vida atual e futura das pessoas, Rosângela afirmou que é preciso imaginar que a vida é como uma trena, e cada um necessita colocar nesta trena a expectativa de vida. “Não existe qualidade de vida se não nos olharmos como sujeito principal. E não precisamos passar por processo de doença para descobrirmos que a vida é boa. A vida é muito mais do que os obstáculos.”


Na parte da tarde, Rosângela abordou sobre prevenção e promoção da saúde. “Um mundo saudável, próspero e harmonioso, exigirá de nós. O que vamos fazer conosco? É preciso cuidar com o envelhecimento, pois envelhecer não significa adoecer”, destacou.


Rosângela procurou trabalhar no encontro a ciência do ser humano, qual o limite de cada pessoa, bem como a performance. Ela já palestrou em diversas oportunidades para público apaeano, inclusive em Três de Maio para os profissionais de Apaes, que, para ela, são escolas especializadas em atender diferenças. “Vocês trabalham com as diferenças; apostam na vida de pessoas que a sociedade não credita porque são diferentes. Então, temos aqui profissionais com qualidade de caráter e personalidade fantástica, capazes de entender a dimensão da vida daquela pessoa”, ressaltou.


Natural e residente em Frederico Westphalen, Rosângela é graduada em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas; possui especialização em Histologia e Anatomia; mestrado em Biociências e doutorado em Gerontologia Biomédica. Palestrante há mais de 20 anos, também atua como professora universitária há mais de 30 anos, com pesquisas voltadas à genética humana e doenças degenerativas.

Fonte: Jaqueline Peripolli / Jornalista MTE 16.999

Mais notícias desta categoria

07/04/2020 | 15:06

Juntos somos mais!

Publicidades


Mario Junior designer