Publicidades

06/04/2020 | 05:31 | Saúde

Brasil tem 486 mortos e pelo menos 11.130 casos confirmados de coronavírus

A taxa de letalidade do coronavírus no Brasil é de 4,4%. De sábado para domingo, foram 54 mortes e 852 novas ocorrências da doença


* O Estado mais afetado pelo coronavírus no Brasil é São Paulo, com 4.620 pacientes e 475 mortes


* O Brasil é o 16º em número de casos confirmados no mundo e o 14º em número de óbitos


* O Rio Grande do Sul tem 418 casos e sete mortes


O número de casos confirmados de covid-19 no Brasil chegou a 11.130 neste domingo (5), de acordo com informações divulgadas pelo Ministério da Saúde. O número de mortos no país é de 486. São Paulo é o Estado brasileiro com o maior número de casos, com 4.620, seguido por Rio de Janeiro (1.394), Ceará (823), Minas Gerais (498) e Distrito Federal (468).  No Rio Grande do Sul há 418 casos confirmados e sete mortes. 


O Brasil é o 16º em número de casos confirmados no mundo e o 14º em número de óbitos. A taxa de letalidade do coronavírus no País é de 4,4%. De sábado para domingo, foram 54 mortes e 852 novos casos.


O Ministério da Saúde informou na sexta-feira que o distanciamento social ampliado, como é feito hoje em diversos Estados, deve ser mantido. A intenção é diminuir a velocidade da transmissibilidade e dar tempo para que todas as regiões estejam equipadas com leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) em número suficiente.


De acordo com a pasta, será possível relaxar as medidas de isolamento quando houver também número suficiente de profissionais de saúde, respiradores, máscaras, luvas, médicos e enfermeiros e, assim, atender boa parte dos doentes por coronavírus e por outras doenças respiratórias sazonais.


No Rio Grande do Sul, avalia o Ministério, o pico da epidemia ocorrerá no inverno, entre os meses de junho e julho. Preocupa o fato de outras gripes chegarem ao seu pico no mesmo período do coronavírus.

Fonte: Com Débora Cademartori/GaúchaZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer