Publicidades

06/04/2020 | 20:37 | Polícia

Mulher morre após ser atacada com golpes de facão na presença das filhas em Tenente Portela

Vítima foi identificada pela Polícia Civil como Andréia Juliana Leite, de 35 anos. Ex-companheiro é o principal suspeito. Justiça concedeu prisão preventiva e homem está foragido


Uma mulher foi atacada a golpes de facão na presença das duas filhas, em Tenente Portela, na Região Norte do estado, e morreu na madrugada desta segunda-feira (6). A vítima foi identificada como Andréia Juliana Leite, de 35 anos. O ex-companheiro dela, de 40 anos, é o principal suspeito.


A polícia não divulga o nome do suspeito com base na lei de abuso de autoridade.


Segundo a Polícia Civil, ele teria invadido a residência de Andréia pela janela do quarto, por volta da 1h30, quando ela dormia com a filha de sete anos. O suspeito teria imobilizado a vítima e aplicado diversos golpes com um facão. Ainda assim, ela conseguiu chamar a filha mais velha, de 13 anos, que estava em outro cômodo.


"Ao ver que o padrasto estava agredindo a sua mãe, saiu da casa e foi pedir ajuda. A criança menor também correu. Ambas saíram da residência", explica o delegado Roberto Audino.


Ela foi socorrida por familiares e levada ao Hospital Santo Antônio, mas não resistiu à extensa hemorragia e morreu.


A polícia pediu a prisão preventiva do agressor, que foi aceita pelo Poder Judiciário durante a tarde. O suspeito está foragido, segundo o delegado Audino.


Conforme a Polícia Civil, o suspeito tem antecedentes criminais por tentativa de homicídio a outro homem, cárcere privado e lesão corporal, além de diversas ameaças a ex-companheiras.

Fonte: G1

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer