Publicidades

29/09/2020 | 21:27 | Esporte

Com gols de Pepê e Rodrigues, Grêmio vence a Católica pela Libertadores

Tricolor marcou duas vezes no segundo tempo e foi a 10 pontos no Grupo E da competição

Staff Images / Conmebol/Divulgação


O Grêmio deu a volta por cima após um primeiro tempo em que enfrentou enorme dificuldade e conseguiu vencer a Universidad Católica por 2 a 0 na noite desta terça-feira (29), na Arena, pela quinta rodada do Grupo E da Libertadores. O atacante Pepê e o zagueiro Rodrigues marcaram os gols no triunfo que deixa o Tricolor perto das oitavas de final.


Com o resultado, o Grêmio chega a 10 pontos após cinco jogos e estará matematicamente classificado se o Inter não perder para o América de Cali, também nesta terça, na Colômbia. O Tricolor encerrará sua participação no Grupo E diante dos colombianos, na Arena, em 22 de outubro. 


Com as contaminações por covid-19 de Geromel e Kannemann, anunciadas poucas horas antes da partida, Renato Portaluppi precisou escalar uma zaga reserva. David Braz, escolhido como capitão, teve a companhia do garoto Rodrigues já que Paulo Miranda segue cumprindo a suspensão pela briga no Gre-Nal de março, na Arena. O time gremista teve ainda Robinho como novidade no meio-campo, na vaga do suspenso Lucas Silva. No lado chileno, o técnico Ariel Holan repetiu a formação usada na vitória sobre o Grêmio em Santiago.


A Universidad Católica surpreendeu quem esperava uma postura defensiva do time chileno por jogar fora de casa. O que se viu desde os primeiros minutos na Arena foi a equipe visitante trabalhando a bola e tentando propor o jogo. Embora tenha tido mais finalizações, seis contra três, o Grêmio pareceu não se sentir à vontade ao longo do primeiro tempo, que teve uma posse de bola de 67% dos chilenos.


O jogo começou com o Grêmio tendo um susto logo aos 3 minutos. Em cobrança de escanteio, a defesa marcou mal e Luciano Aued conseguiu a finalização quase da marca do pênalti. O gol só não saiu graças a uma bela defesa de Vanderlei. 


O Tricolor teve dificuldade para sair do seu campo nos primeiros 10 minutos. Aos 12, porém, chegou com perigo. Se os chilenos tinham a bola, o Grêmio conseguiu atacar em uma jogada de transição rápida. Alisson arrancou e tocou para Cortez. O lateral, tão marcado pela deficiência nos cruzamentos, dessa vez mandou a bola na cabeça de Diego Souza, que testou firme e mandou próximo da trave esquerda. Alisson ameaçou logo depois em chute defendido pelo goleiro Dituro.


Na reta final do primeiro tempo, o Grêmio conseguiu encaixar a marcação e a Católica diminuiu seu volume de jogo. A melhor chance visitante ocorreu aos 39, quando David Braz travou a finalização de Zampedri. A resposta tricolor veio com Diego Souza, que cabeceou para defesa de Dituro, mas o lance acabou anulado por impedimento. A etapa inicial terminou mesmo em 0 a 0.


Depois de sofrer na etapa inicial, o Grêmio voltou do intervalo atacando e foi premiado no primeiro minuto. Em uma jogada que começou com bela troca de passes, o cruzamento chegou a Diego Souza, que desviou de cabeça e a bola caiu nos pés de Pepê. O garoto não perdoou. Ele bateu firme para vencer Dituro e abrir o placar na Arena: 1 a 0.


Como a derrota praticamente acabava com suas chances de classificação, a Universidad Católica se mandou com tudo para o ataque. A equipe chilena teve duas oportunidades em cobranças de escanteio, mas não acertou o alvo. 


A estratégia do Grêmio foi de recuar sua marcação para ganhar campo para o contra-ataque. Foi aí que um herói inesperado apareceu. Escalado de última hora pelos problemas de Geromel e Kannemann, Rodrigues não se contentou apenas em defender. Aos 17, ele se mandou ao ataque e apareceu na área como um centroavante para desviar para o fundo das redes o cruzamento de Alisson.  


Os chilenos ainda tentaram atacar depois do segundo gol, mas o Tricolor estava seguro defensivamente. Faltando 10 minutos para o término do tempo regulamentar, Rodrigues sentiu dores e deu lugar a Ruan. Thaciano, Luiz Fernando e os garotos Ferreira e Lucas Araújo também entraram, mas o jogo já estava decidido. O Grêmio voltou a vencer após 50 dias na Arena para dar mais um passo na busca pelo tetra da América.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer