Contador de visitas

utilizadores online
08/11/2017 | 11:18 | Polícia ''Lampião E Maria Bonita'' Seguem Foragidos

Divulgação


Chamados pela polícia de “Lampião” e de “Maria Bonita”, Misael da Silva da Cruz é apontado como o mentor e Camila Lorenzon Gonzatto de dar apoio logístico aos assaltos às agências do Sicredi e do Banrisul, no dia 6 de fevereiro de 2017, em Miraguaí. Desde então, o casal segue na condição de foragido da Justiça.


Os dois bancos foram assaltados simultaneamente, um cordão humano foi formado e um policial militar amarrado no capô de um carro antes do ataque e depois usado na fuga. Durante a ação, os bandidos fizeram vários disparos de fuzis e outras armas longas. Os reféns foram libertados. Uma viatura da Brigada Militar foi incendiada na saída da cidade, na direção de Redentora. A maior parte da quadrilha já foi presa, mas só uma pequena quantia do dinheiro roubado foi recuperada. Não houve feridos.


Casal pode estar escondido na Reserva Indígena


No mês de abril de 2017, um morador comunicou a polícia de Miraguaí que teria visto Misael passar de carro no distrito de Tronqueiras. Já, no final do mês de maio, uma professora afirmou ter visto Camila também de carro, transitando em uma estrada no interior de Redentora. A professora disse ter certeza porque foi colega da foragida.


Com a prisão do cacique Valdonês Joaquim, apoio pela polícia por dar apoio operacional aos assaltantes, além de disponibilizar uma de suas propriedades para que eles se abrigassem e pudessem fazer uso das armas que seriam usadas na ação criminosa, reforça a suspeita de que o casal poderia estar recebendo abrigo dentro da reserva.

Fonte: Paulo Marques Notícias


Localizar notícia:

Jornalista Responsável: Paulo Airton Pires Marques
Reg. Prof. MTE/DRT/RS n° 16408
CNPJ: 15251707/0001-48
Telefone: 55 99645-2601(Whatsapp)
E-mail: paulomarquesnoticias@paulomarquesnoticias.com.br
Rua Professor Del Aglio, 128, Três de Maio-RS - CEP 98910-000